Filmes e séries para aprender inglês se divertindo! 

Filmes e séries para aprender inglês se divertindo! 

 

Os métodos para aprender inglês e praticar a língua são bastante variados. Há cursos tradicionais presenciais ou online, aplicativos e aulas particulares. Muitos estudantes transformam essa missão como uma obrigação, o que pode tornar o ensino massante e chato. Mas você sabia que tem uma forma muito divertida e descontraída, que já faz parte do seu dia a dia, para praticar e se acostumar com o idioma e ajudar a evoluir seu nível de aprendizado? Assista filmes e séries em inglês para aprender se divertindo! 

 Quem nunca viu aquela animação que toca o coração e faz alegrar crianças e adultos? Ou então aqueles seriados de comédia que deixam a nossa vida mais leve? Através dos filmes e séries, é possível conhecer novos vocabulários e expressões,  e aperfeiçoar quatro partes importantes ao aprender inglês: escrita (writing), escuta (listening), leitura (reading) e a fala (speaking). 

 

Assistir longas e seriados faz com que você consiga formar frases, usar melhor as regras gramaticais, conjugar verbos, aprender gírias e a forma correta de pronunciá-las. É um método eficaz que complementa os estudos e torna a prática mais fácil.  

 

Uma dica importante para ajudar nesse aprendizado é ir trocando aos poucos a forma de assistir às séries e filmes. Os iniciantes podem começar com o áudio em inglês e a legenda em português. No nível intermediário, já é possível deixar o áudio e a legenda em inglês. Já com um nível avançado, o áudio fica sempre em inglês e já não há necessidade de ter legenda em nenhuma língua. 

 

Compreensão auditiva 

Uma das vantagens de assistir filmes para aprender inglês é treinar a audição. Ouvir os áudios na língua estudada desenvolve uma melhor compreensão auditiva. Também ensina o cérebro a começar a entender a pronúncia das palavras, as contrações e o ritmo que o inglês exige no cotidiano. No início, pode parecer difícil, mas aos poucos fica mais natural e as frases começam cada vez mais a fazer sentido. 

 

Fala destravada 

Uma das grandes dificuldades para quem estuda uma língua estrangeira é a fluência. E esse é o processo que mais demora para o estudante dominar, porque a tentativa é sempre de traduzir tudo para o português. O nosso cérebro ainda precisa compreender as frases, gravá-las na memória e se acostumar com o idioma. Por isso, assistir filmes e séries para aprender inglês estimula esses processos. 

 

O cinema é uma das melhores ferramentas de estudo, assim como os seriados que passam na TV ou em canais de streaming. Você ainda pode conversar com amigos em inglês sobre os episódios ou filmes assistidos, e a se aprofundar mais comprando os livros em inglês que originaram vários sucessos do cinema e da TV/streaming que estamos acostumados. Opções não faltam! 

 

Filmes e séries para aprender inglês se divertindo!

Filmes americanos x britânicos 

Como já foi dito, usar filmes para aprender inglês é uma das melhores e divertidas formas de entender a nova língua, principalmente para ouvir e falar melhor. Deixamos aqui cinco dicas de filmes americanos e britânicos para ajudar nos seus estudos. 

 

Filmes americanos 

O filme conta a história de um romance proibido entre um jovem poeta inglês e uma cortesã de Paris. A linguagem musical desse tipo de filme ajuda muito para quem está aprendendo a língua. Aliás, é um ótimo exemplo para o “listening” (apurar os ouvidos). O longa-metragem ainda ajuda o estudante a desenvolver uma melhora na fala e pronúncia, ao repetir os versos, a fluência e ainda permite uma melhor compreensão da estrutura das frases, expressões e palavras novas. 

Se você é iniciante (ou não), saiba que os filmes de animação e infantis são ótimos para estudar a língua. As histórias são muito bem contadas, prendem a atenção de pessoas de todas as faixas etárias e de fácil interpretação dos diálogos. Um dos bons filmes é a “A Bela e a Fera”. Como a maioria dos filmes de animação, esse longa possui uma linguagem menos complexa, com pronúncia clara e vocabulário simples.  

Esse é um dos filmes que emociona muito quem assiste, mas também cria uma reflexão. Um dos mais premiados longas do cinema, é conhecido por seu protagonista, Forrest, vivido por Tom Hanks. Ele fala pausadamente, com um sotaque bem peculiar do Alabama e, durante as cenas, pronuncia as palavras com muita clareza. Ótimo para quem tem dificuldade de compreender entonações. Tem pouca complexidade e um enredo de fácil compreensão. Um clássico do cinema e um dos melhores filmes para aprender o inglês americano.  

Esse é um bom exemplo para quem quer aprender mais sobre correspondências em inglês.  

O filme mostra bem como acontecem essas trocas, como são escritas, as estruturas, além do vocabulário utilizado. A Casa do Lago é ideal para aprofundar seu conhecimento do vocabulário romântico e assimilar melhor a linguagem escrita. Keanu Reeves e Sandra Bullock interpretam dois personagens apaixonados, em tempos distintos e com um ônibus como plano de fundo. Eles trocam cartas e nos presenteiam com esse verdadeiro exercício para uma bela redação. 

Além de ser um clássico, esse filme ajuda a treinar a pronúncia das palavras com um especialista em fonética: o personagem Henry Higgins, vivido por Rex Harrison. Ele auxilia a florista Eliza Doolittle (Audrey Hepburn) a melhorar o seu inglês e falar como uma verdadeira dama britânica, com o sotaque mais adequado possível e um vocabulário refinado. Ou seja, tudo a ver com o seu momento, não é mesmo? Além de divertido, o filme é uma grande possibilidade para você praticar e repetir as palavras exatamente como o professor do filme mostra. 

 

Filmes britânicos 

É uma série de filmes britânico-americana baseada na série de livros homônima da escritora J. K. Rowling. São oito longa-metragens que misturam aventura e magia, além de mostrar alguns lugares especiais de Londres. O enredo envolve milhões de leitores (adultos e crianças), com muitos efeitos especiais e são basicamente feitos por adolescentes (que depois ficam adultos). Isso ajuda muito no vocabulário, para conhecer as gírias locais  e pronunciar bem as palavras britânicas do cotidiano. Os três atores são ingleses e seus sotaques britânicos são bem carregados. 

É um filme feito no Reino Unido em 1996. Ele fala do cotidiano de um grupo de jovens de Edimburgo que lida com seu vício. Um filme cult, baseado no romance de Irvin Gallois (recomendo a leitura). O longa é uma boa dica para ajudar nos estudos por que tem linguagem jovem, gírias, sotaques britânico e escocês, vocabulário relacionado a drogas e ao vício… Este filme é muito interessante, embora muito difícil de acompanhar o ritmo se não fizer uso de legendas (os diálogos são muito rápidos). 

Por uma razão desconhecida, os seres humanos não podem mais ter filhos há vinte anos. Um ex-professor de História Antiga (Clive Owen) deve escoltar uma mulher milagrosamente grávida. O objetivo é que ela seja analisada por um grupo de cientistas para salvar o futuro da humanidade. Neste filme, você pode ouvir os sotaques de bandidos estrangeiros no meio de uma Londres futurista. Uma cidade à sombra da capital cosmopolita que conhecemos hoje.  

O longa conta a história real de George V que, quase contra a própria vontade, aceita o trono de rei da  Inglaterra. A determinação do rei em superar sua gagueira faz com que ele pratique métodos pouco ortodoxos de fonologia. Por que é um bom filme? Porque tem muitos diálogos, permitindo que seja mais fácil compreender o sotaque britânico do ator Colin Firth. O fato de se tratar de um filme histórico também ajuda. Ele lhe oferece a oportunidade de enriquecer seu vocabulário com termos relacionados à monarquia inglesa, à guerra e à família. 

Esse filme é um sucesso das comédias românticas da década de 90. Tem um humor inglês de puro, ótimo para ver e rever sempre. O longa tem atores britânico, o que ajuda a se acostumar com o sotaque britânico de Hugh Grant. Os diálogos não são difíceis de compreender, e você pode acompanhar as falas com bastante facilidade. Os temas do filme são adequados para o estudo de vocabulário relacionado ao amor, ao casamento e à vida cotidiana. 

 

Séries americanas x britânicas 

Habitualmente, estamos mais acostumados a assistir as séries criadas nos Estados Unidos. São as mais conhecidas e variadas no mundo, assim como são a primeira opção para quem quer melhorar o desenvolvimento da língua. Apesar da base linguística ser praticamente igual, o que muda muito são expressões e alguns vocabulários que são escritos e falados de formas diferentes nos dois países. 

 

Se você consome os seriados com frequência, pode aprender mais sobre a cultura do país, sotaques, gírias e frases do cotidiano. Para te ajudar no seu processo de aprendizado e saber um pouco mais sobre o inglês americano e o inglês britânico, deixamos aqui algumas dicas de séries para aprender inglês. 

 

Séries para aprender inglês americano

Série de comédia produzida entre 1994 e 2004, Friends é uma das mais famosas dos Estados Unidos. Mesmo que você não tenha nascido nessa época, esse é um “sitcom”, como são chamadas as séries de comédia, que ainda passa na TV e aborda assuntos que cada vez mais são atuais. Ela conta a história de seis amigos: Chandler, Monica, Joey, Phoebe, Ross e Rachel. Eles são jovens e moram em Manhattan, Nova Iorque. 

 Por ter um roteiro leve e tranquilo, que se parece muito com a nossa rotina, é uma série que ajuda muito a aprender inglês. Os diálogos são simples e leves, há gírias e expressões americanas e o vocabulário é mais diversificado. São episódios curtos e rápidos e você consegue compreender bem a pronúncia do que é falado. Fora que você aprende inglês rindo! 

A série é feita por atores mirins e tem como história principal o desaparecimento de Will (Noah Schnapp) e a busca dos amigos para encontrá-lo. É um seriado de sucesso, de suspense, mas que prende o espectador desde o primeiro episódio. Com uma dinâmica leve e cativante, a série tem um vocabulário de uso bastante recorrente. O sotaque dos personagens é agradável, e a linguagem, acessível, principalmente nas inúmeras participações entre o elenco mirim, o que ajuda quem quer aprender a língua. 

Outro sitcom americano, mas que fala da rotina de três famílias que são ligadas, cada uma com sua particularidade. Em um formato de pseudodocumentário, a série traz um humor sarcástico e constrangedor e não tem risos ao fundo. Assim como Friends, tem episódios mais curtos. Eles chamam a atenção com erros do idioma (propositais) feitos por personagens estrangeiros da série, isso auxilia o processo de aprendizagem da língua. 

Nada bate Os Simpsons se a ideia é assistir algo divertido para assistir. A história gira em torno da família que mora na cidade de Springfield, em um estado americano sem nome. A linguagem da série é muito simples e de fácil compreensão. Você pode não entender as piadas, mas todo o vocabulário utilizado faz parte da rotina de todo americano. Ou seja, você sentirá que está entre os nativos. 

Essa é uma das séries mais novas, mas que ajuda muito no aprendizado da língua inglesa. Se você precisa aprender inglês para negócios ou política, esse é o seriado perfeito. No início parece mais complicado, mas vais se acostumar assim ao seu cérebro. Fora que você aprende um pouco mais sobre política e o sistema legal americano funciona. É uma excelente forma de aprender a língua. 

 

Séries para aprender inglês britânico 

Downtown Abbey é, sem dúvidas, uma das séries britânicas mais importantes entre as produções inglesas. Conta a história e mostra o dia a dia de uma família aristocrática e seus empregados em uma propriedade chamada Downton Abbey, localizada na região inglesa de Yorkshire. A história começa logo após o naufrágio do Titanic, em 14 de abril de 1912, e segue até a década de 1920. Aqui você tem acesso ao vocabulário mais antigo, sem gírias, mas com uma pronúncia da língua britânica mais impecável. 

É uma série mais incomum, sem necessidade de continuidade. No entanto, mesmo com um tom mais neutro, Black Mirror é uma das séries mais faladas dos últimos tempos, principalmente por sua relação com a transformação tecnológica que o mundo vive ao longo dos últimos anos. 

A história de Sherlock Holmes é a trama de um detetive mais famosa do mundo. Tantos os livros, como filmes e séries geralmente ganham relevância e, com a série britânica Sherlock, não foi diferente. No ar desde 2010, Sherlock conquista cada vez mais a sua legião de fãs. O roteiro é repleto de hipérboles e o sotaque britânico do detetive e os demais sotaques regionais são ótimos para treinar a audição. Além da gramática utilizada no seriado, você aprende mais sobre citações icônicas e os diálogos ajudam a memorizar frases e melhorar a compreensão. 

Como a maioria das séries britânicas se focam muito na temática de época e da monarquia, The Crown não seria diferente. O seriado é um drama que conta a história do reinado da Rainha Elizabeth II do Reino Unido. A maioria dos personagens usam received pronunciation, o dialeto da classe alta da inglesa. 

É uma série britânica de humor (sitcom), em formato de documentário, com duas temporadas e apenas 14 episódios. A série retrata a rotina dos funcionários da Dunder Mifflin, uma empresa que vende papéis. A linguagem usada nos diálogos da série é bem simples e cheia de expressões comuns nativas. Além de tratar sobre o ambiente de trabalho, os episódios focam na vida doméstica e nos relacionamentos entre os personagens, então o vocabulário é extremamente útil. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *